Error message

  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 206 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 213 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion in views_plugin_cache->gather_headers() (line 218 of /home/el/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).

10 livros que foram adaptados para cinema

Desde os grandes clássicos da História a simples romances de cordel, o contributo da literatura para o sucesso do cinema é inquestionável. No próximo artigo vamos conhecer 10 dos livros que inspiraram obras cinematográficas e que saltaram da letra escrita para o grande ecrã:

1. Harry Potter

Quem não se lembra do pequeno feiticeiro Harry Potter e dos seus inseparáveis amigos Ronald Weasley e Hermione Granjer? Em permanente luta contra o malvado Lord Voldemort, Harry e os seus amigos estudavam feitiçaria na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

As aventuras destes heróis e dos respetivos professores atravessaram uma geração inteira de espetadores, que principiaram a assistir Harry Potter, produzido por David Heyman, no cinema por volta de 2001 e se despediram dos seus personagens em 2011.

Os oito filmes da saga Harry Potter tiveram origem numa coleção de sete romances inéditos de autoria da britânica J. K. Rowling. O primeiro romance da coleção foi lançado em 1997, e rapidamente “Harry Potter e a Pedra Filosofal” se tornou num dos grandes êxitos a nível mundial.

Os 450 milhões de cópias vendidas até 2015, englobando todos os livros da série, fez de Harry Potter um “best-seller” da história. Na verdade, os últimos quatro livros da coleção foram, à vez, considerados os livros mais vendidos de sempre em toda a história da literatura. A título de curiosidade pode dizer-se que o último livro da série vendeu mais de 11 milhões de exemplares nos EUA e isto nas primeiras 24 horas de pós-lançamento.

2. O Senhor dos Anéis

"The Lord of the Rings" é uma trilogia famosíssima de filmes produzidos por Peter Jackson, que desde 2001 até 2003 alcançou o sucesso e a admiração de espetadores e críticos.

Os três filmes foram rodados na Nova Zelândia, faturaram mais de 3 bilhões de dólares, receberam 17 Óscares de entre as 30 nomeações de que foram alvo, tiveram um orçamento estimado de 280 milhões de dólares e um tempo de produção que rondou os 8 anos. O "Senhor dos Anéis” está considerado como um dos maiores projetos financeiros jamais executados na história do cinema.

Baseado num livro escrito pelo britânico J. R. R. Tolkien, entre 1937 e 1940 e com fortes inspirações em etapas da Segunda Guerra Mundial, esta obra literária foi publicada entre 1954 e 1955, sob a forma de três volumes separados. Depressa se transformou num êxito de vendas. Foi traduzido em mais de 40 línguas e vendeu mais de 160 milhões de exemplares, tornando-se num dos mais populares trabalhos literários de todo o século XX.

A narrativa acontece num mundo de ficção localizado na Terceira Era da Terra Média, inspirado na Terra real mas sob o ponto de vista de uma Europa mitológica onde coabitam várias espécies tais como os Hobbits, Anões, Humanos, Elfos, Ents e Orcs.

O tema central é o conflito eterno entre o Bem e o Mal, numa tentativa desesperada para que o “Anel do Poder” não torne a cair nas mãos do seu criador Sauron, Senhor do Escuro. O anel é o elemento centralizador de todas as três partes da história e o sucesso que alcançou tanto nos livros, quanto no cinema foi impressionante.

3. O Meu Pé de Laranja Lima

Este filme foi dirigido por Aurélio Teixeira e lançado pela primeira vez em 1970. Em 2012 uma nova versão da mesma história foi levada de novo ao cinema, dirigida por Marcos Bernstein e exibida durante o Festival do Rio, no Brasil em 2013.

Baseado no romance juvenil do escritor brasileiro José Mauro de Vasconcelos, “O Meu Pé de Laranja Lima” conta a história triste de um rapazinho de seis anos de idade que se vê constantemente envolvido em grandes confusões, um pouco por culpa do seu espírito traquinas e irreverente, mas um pouco também por incompreensão por parte dos adultos.

O livro “O Meu Pé de Laranja Lima” foi publicado em 1968, traduzido para 52 línguas e publicado em 19 países. Foi considerado como de literatura obrigatória nas escolas brasileiras e foi alvo de várias adaptações também para televisão e teatro, além do cinema.

4. Os Maias

A mais recente versão cinematográfica de “Os Maias” estreou em 2014 e foi escrita e realizada por João Botelho, tratando-se de um coprodução entre Portugal e Brasil, Esta versão cinematográfica de “Os Maias” contava com a participação de atores e atrizes dos dois países.

Baseado num dos mais célebres romances do escritor português Eça de Queirós, “Os Maias”, o filme permaneceu fiel à ideia base da história que conta a trajetória de uma família ao longo de três gerações, com principal relevo para o amor incestuoso de Carlos Eduardo e Maria Eduarda.

O livro "Os Maias", de Eça de Queiroz, foi publicado no Porto, Portugal, em 1888 e tem sido ao longo dos anos alvo de imensos estudos e interpretações, sendo de leitura obrigatória nas escolas portuguesas, e constituindo uma poderosa ferramenta de crítica aos costumes e à sordidez de um Portugal de há mais de 100 anos atrás.

5. O Monte dos Vendavais

“Wuthering Heights”, ou “O Morro dos Ventos Uivantes”, ou ainda “O Monte dos Vendavais”, foi adaptado para o cinema pela primeira vez em 1920, por Albert Victor Bramble.

No ano de 1939, Wiliam Wyler dirigiu a nova versão de “O Monte dos Vendavais” com assinalável sucesso. Na sua época este filme foi candidato a oito Óscares mas conseguiu vencer apenas numa das modalidades: a da melhor fotografia a preto-e-branco.

Em data mais recente, 2012, uma nova versão do filme foi dirigida por Andrea Arnld facultando uma visão mais modernizada da mesma história.

Ambos os filmes foram baseados no romance “Wuthering Heights”, da britânica Emily Brontë, que em 1847 lançou este que viria a ser o seu único livro.

Hoje em dia esta obra é vista como um clássico da literatura inglesa, mas na época da sua publicação a autora recebeu diversas críticas devido à natureza da história, que muitos afirmavam ser sórdida.

Toda a narrativa se baseia na história dramática da família dos proprietários de uma quinta “Granja da Cruz dos Tordos”, situada em Yorkshire, Inglaterra. Com laivos de sobrenatural, paixão, ciúme, ódio e amor intemporal este romance resultou maravilhosamente quando transposto para o cinema, nada perdendo do seu mistério e da sua magia.

6. A Lista de Schindler

Este é um filme norte-americano de 1993, intencionalmente a preto-e-branco, dirigido por Steven Spielberg e escrito por Steven Zaillian baseado no livro de Thomas Michael Keneally “Schindler’s Ark”.

No filme, como no livro, é apresentado um relato cuidadoso, fiel e dramático do que foi a luta do empresário alemão Schindler no sentido de proteger os judeus dando-lhes emprego na sua fábrica, garantindo-lhes assim a sobrevivência nos terríveis tempos do domínio nazi.

O livro de Keneally, “Schindler’s Ark”, coloca por escrito o depoimento de Mietek Pemper, um judeu sobrevivente do Holocausto, que relata a forma como Oskar Schindler salvou da morte nos campos de concentração mais de mil judeus.

Tanto o livro quanto o filme alcançaram enorme sucesso, tendo a versão cinematográfica ganho um Óscar de Melhor Filme.

7. The Shining

“O Iluminado” é um filme anglo-americano de terror psicológico, lançado em 1980, dirigido e produzido por Stanley Kubrick. O sucesso do filme foi crescendo com o passar do tempo e hoje em dia a opinião da crítica não hesita em classificá-lo como um dos maiores filmes de terror, ou mesmo um dos maiores filmes de todos os tempos.

Baseado no livro “The Shining” do escritor americano Stephen King é o relato da vida de uma família vitima das assombrações de um Hotel amaldiçoado.

Jack Torrance, assim se chama o personagem principal da história, aceita um lugar de zelador num hotel durante a época baixa, no intuito de conseguir tempo para se dedicar à escrita de um livro. Com ele seguem a esposa Wendy e o pequeno filho de ambos Danny. O petiz não é um rapazinho vulgar e o brilho que possui depressa lhe vai permitir aperceber-se de que toda a família está metida em sérios apuros com o sobrenatural.

Stephen King publicou este romance de horror em 1977 e foi o terceiro livro da sua bem-sucedida carreira de escritor, sendo visto como a obra que o consolidou no mercado como o "Mestre dos livros de terror".

8. Anna Karenina

Filme britânico de 2012, dirigido por Joe Wright e adaptado por Tom Stoppard foi indicado aos Óscares de melhor design de produção, melhor fotografia, melhor trilha sonora e melhor figurino.

Baseado no romance do escritor russo Leo Tolstói publicado em 1877, este filme conquistou sucesso e admiração por entre o público, reunindo a opinião favorável dos críticos.

Considerado como sendo um dos livros mais importantes do realismo literário, “Anna Karenina” está entre as mais populares obras da história da literatura.

Na opinião de um grande número de escritores de todo o mundo, “Anna Karenina” é o melhor romance já escrito. Sobre este livro disse o próprio Tolstói ser o seu Primeiro Romance.

A história centra-se em torno da aristocrata russa Anna Karenina e dos seus amores e desamores extraconjugais com o impetuoso oficial Conde Vronsky, numa sociedade russa conservadora e preconceituosa.

9. Comer, Orar, Amar

“Eat Pray Love” é um filme que estreou em 2010, dirigido por Ryan Murphy e que teve uma receção moderada por parte do público e da crítica. Embora o desempenho de Julia Roberts no papel de Liz Gilbert tenha recolhido a admiração geral, faltou ao filme o lado espiritual que encantara antes os leitores da obra que deu origem ao guião do filme.

“Comer, Orar, Amar”, o livro autobiográfico que serviu de base ao filme, foi escrito pela americana Elizabeth Gilbert em 2006. Em 2010 esta obra estava considerada pelo New York Times como um dos mais admiráveis livros daquele ano, vendeu mais de 8 milhões de cópias um pouco por todo o mundo e manteve-se durante 158 semanas na lista dos livros mais vendidos.

A história centra-se na autobiografia da autora, Liz Gilbert que, aos 30 anos, decidiu procurar um rumo completamente novo para a sua vida. Desistiu da existência confortável que levava e partiu em busca de si mesma. Viajou, comeu, rezou e amou, e o que saboreou, sentiu e descobriu é relatado com pormenor e elegância ao longo de toda a obra.

10. Os Três Mosqueteiros

A última versão cinematográfica de “The Three Musketeers” aconteceu em 2011, em formato 3D. Apesar de na altura ter recebido várias críticas desfavoráveis devido a alterações feitas ao enredo original, o filme alcançou um sucesso significativo junto do público.

Adaptado do romance histórico de capa-e-espada escrito pelo francês Alexandre Dumas, em 1844 sob a forma de trilogia, “Os Três Mosqueteiros” foi um livro que alcançou um sucesso enorme.

Baseado em factos históricos ocorridos no séc. XVII, em França, nos reinados dos reis Luís XII e Luís XIV, e no período de regência entre esses dois reinados, “Os Três Mosqueteiros” relatam a amizade entre companheiros inseparáveis, Athos, Porthos, Aramis e D’Artagnan.

Por entre muitas lutas, muitas intrigas de bastidores e muito romance, a obra centra-se fundamentalmente no esforço feito pelos Mosqueteiros a fim de impedir uma guerra entre a França e a Inglaterra.

A lista de livros adaptados para o cinema poderia continuar indefinidamente, tantos são os títulos e obras. Por vezes o mesmo livro foi adaptado várias vezes para diferentes versões cinematográficas, em épocas e países variados. A evolução tecnológica veio provocar uma diferença enorme entre as adaptações mais antigas e as mais atuais, mas apesar disso mantém-se sempre presente a importância que a história de base tem para o sucesso de um filme. Não existem livros melhores, nem livros piores, existem livros diferentes uns dos outros. Da boa compreensão desta verdade dependem as boas adaptações para o cinema.

A sua votação: